Os brasileiros sempre ocuparam as primeiras posições no ranking de estrangeiros que mais compram imóveis em Miami. No período de 2011 a 2015, aproximadamente 5000 imóveis foram comprados por brasileiros na cidade. Só em 2015, os investidores verde-amarelos foram responsáveis por mais de 10% de todas as aquisições imobiliárias na metrópole. Contudo, nos últimos anos, um outro destino internacional passou também a atrair a atenção dos brasileiros: Portugal. E por que um país distante, em outro continente, mudaria o foco do investidor? Na verdade os dois destinos guardam muitas semelhanças. Neste artigo comparamos alguns aspectos.

Clima agradável a maior parte do ano e invernos amenos

O clima sempre foi um grande diferencial da Flórida, não só para os americanos e canadenses que fogem do inverno rigoroso da América do Norte, mas também para os latino americanos que buscam na Flórida belas praias e águas quentes.

Miami oferece clima agradável o ano todo
Miami oferece clima agradável o ano todo

Da mesma forma que Miami oferece temperaturas mais agradáveis do que o restante dos EUA, Portugal também traz climas mais amenos do que o restante da Europa. Lisboa, que fica na região central de Portugal, é a capital europeia que possui mais dias de sol no ano. Mesmo no auge do inverno as temperaturas nunca ficam abaixo de zero e costumam permanecer entre 7 e 10 graus. No sul de Portugal, na região conhecida como Algarve, o clima é ainda mais quente.

Portanto, tanto Miami como Portugal oferecem clima agradável e temperaturas amenas durante quase o ano inteiro. Esta é uma característica muito valorizada pelos brasileiros, que não estão acostumados com os invernos rigorosos da Europa ou da América do Norte.

Visto de residência e Green Card

Portugal acertou em cheio ao criar o chamado Visto Gold, ou Golden Visa, como é também conhecido. Basicamente, basta que o investidor compre um imóvel de no mínimo EUR 500 mil em Portugal para que o visto de residência seja concedido. Além de poder residir e trabalhar em Portugal, o benefício se estende ao Espaço Schengen (principais países da Europa). A iniciativa atraiu de forma expressiva os brasileiros em busca de um porto seguro no exterior, com uma outra grande vantagem: a compra de imóveis em Portugal é uma ótima opção de investimento! Muitos brasileiros, além de ganharem o visto de residência, obtiveram retornos expressivos com a valorização dos imóveis, que ainda estão subvalorizados em relação ao restante da Europa. Comentaremos sobre preços e potencial de valorização mais adiante neste artigo.

Os EUA não oferecem nada parecido com o Visto Gold. O programa mais próximo seria o Visto EB-5, ou Visto Investidor, que oferece o Green Card para estrangeiros que aportem um valor de no mínimo USD 500 mil (quinhentos mil dólares) em negócios que sigam exigências do programa, como gerar determinado número de empregos e estar sediado em uma determinada área, que as autoridades desejam desenvolver. “O Programa de visto EB-5 é o que há de mais eficaz e rápido para quem procura obter o Green Card”, orienta o especialista em investimentos na Flórida Amir Arazi. “É importante consultar um escritório de advogados especializado em EB-5. Não basta ser qualquer advogado de imigração”, alerta Amir.

Programa de visto EB-5

Diferentemente de Portugal, o Programa de Visto EB-5 não concede o visto apenas com a compra de um imóvel. “É preciso investir em um negócio, com todos os riscos envolvidos. É possível, no entanto, investir de forma passiva em um Centro Regional pré-existente”, observa Amir. Os Centros Regionais são negócios já estabelecidos e aprovados pelas autoridades americanas para fins do visto EB-5.

Além do Programa de visto EB-5 há também uma outra espécie de visto que concede a residência após o investimento em um negócio. Trata-se do visto E-2. “Pelo E-2 o investimento é menor, cerca de USD 200 mil, e não precisa ser feito em um único aporte”, orienta Amir. Contudo, o E-2 não é permitido para brasileiros, apenas para algumas nacionalidades, como a italiana, por exemplo. “Muitos clientes brasileiros, com descendência italiana, buscam primeiro obter a cidadania italiana para, num segundo momento, aplicar para o E-2”, diz Amir.

Tanto o Golden Visa em Portugal, como o Visto EB-5 ou E-2 nos EUA, oferecem meios para se obter a cidadania nos respectivos países após um tempo de permanência residindo no destino.

Belas praias e ondas para surfe

Não é novidade que a Flórida possui uma costa maravilhosa, com praias lindas e águas quentes. Miami Beach é a mais famosa, sendo que Sunny Isles Beach, ao norte, também vem ganhando destaque.

Praias em Miami

Mas você sabia que Portugal possui praias classificadas entre as mais belas do mundo? A região do Algarve abriga a maioria delas, onde a temperatura da água pode chegar a 25 graus.

Portugal possui quase 950 km de costa na parte continental. Se adicionarmos as ilhas essa extensão passa para quase o dobro. Além disso, a costa portuguesa é bastante diversificada em termos de formação geográfica e topografia, com falésias e areiais, o que deixa a paisagem ainda mais deslumbrante.

Praia no Algarve - Sul de Portugal
Praia no Algarve – Sul de Portugal

Não bastasse as praias lindas, os amantes de esporte também encontrarão ondas para prática de surfe e outros esportes. A praia de Nazaré, ao norte, é famosa pelas suas ondas gigantes e campeonatos internacionais de surfe.

Praia de Nazaré em Portugal
Fonte: ep00.epimg.net

Temos, portanto, mais um aspecto comum entre os dois destinos: praias lindas, com águas quentes e propícias para esportes aquáticos.

Preço dos imóveis e potencial de valorização

Segundo Heloisa Arazi, corretora e proprietária da imobiliária AMG International Realty, os dois destinos ainda oferecem significativo potencial de valorização, com ótimas oportunidades imobiliárias. “Comparando Miami com a capital de Portugal, que é Lisboa, Miami ainda oferece imóveis mais baratos em termos absolutos. Contudo, Lisboa oferece o menor preço por metro quadrado entre as principais capitais europeias. É muito relativo”, observa Heloisa. “Em Miami é possível comprar um imóvel de 3 dormitórios em ótima localização por 400 mil dólares. O mesmo padrão de imóvel em Lisboa será de no mínimo 500 mil euros”, afirma Heloisa. “É claro que se nos distanciarmos da região central em Portugal, tanto para o norte como para o sul, encontraremos preços mais baratos, mas o mesmo se aplica a Miami”, lembra Heloisa.

A AMG International Realty atua nos mercados de Miami, Orlando, Nova York e Portugal.

Imóveis em Portugal

Proximidade cultural e receptividade do estrangeiro

Portugal possui um vínculo histórico e cultural muito forte com o Brasil e é inegável o impacto que isso proporciona no investidor brasileiro que busca um investimento, segundo lar ou mesmo moradia no exterior. Não só a facilidade da língua, mas todos os aspectos culturais dos portugueses atraem os brasileiros. “Portugal tem esse laço cultural com o Brasil e isso influencia muito na decisão do investidor. Contudo, Miami possui uma das maiores comunidades brasileiras dos EUA, além de ser uma cidade multicultural e hub global. É muito diferente do restante dos EUA”, pondera Heloisa. “Fala-se mais espanhol do que inglês”, brinca Heloisa.

De fato, alguns dias de férias em Miami e o brasileiro já se sentirá em casa. “Em muitos aspectos Miami é mais parecida com o Brasil do que Portugal”, afirma Heloisa.

Tributação

A tributação difere ligeiramente entre um destino e outro, com exceção de um imposto que assusta os investidores brasileiros nos EUA: O imposto sucessório. Na Flórida, o imposto causa mortis, como também é chamado, é de 40% do valor do imóvel. Contudo, nem todos os investidores sabem que a legislação americana oferece caminhos para evitar a aplicabilidade do imposto de forma simples. Segundo Oren Arazi, sócio de Amir Arazi na consultoria Pinetree Advisors, basta consultar um advogado tributarista e montar uma pequena estruturação societária para evitar a aplicabilidade. “Se comprar pela pessoa física, o imposto é aplicado. Contudo, se a compra for feita pela pessoa jurídica, dentro de uma pequena estruturação societária, não há a aplicabilidade.”, orienta Oren.

Heloisa Arazi informa que a maioria de seus clientes compram pela pessoa jurídica. “Sempre orientamos a compra pela PJ, para evitar a aplicabilidade do imposto sucessório, que é muito alto na Flórida. Temos advogados tributaristas parceiros especializados em montar a estrutura societária para cada investidor”, orienta Heloisa.

Qual o melhor destino? Miami ou Portugal?

Por tudo que comentamos acima é fácil de entender por que Miami e Portugal são muito semelhantes e destinos preferidos dos brasileiros para investimento. Não são raras as situações em que o mesmo investidor possui imóveis nos dois lugares.

Não há como dizer que um destino é melhor que o outro. Cada investidor possui características e objetivos que devem ser analisados de forma única.

Caso seja de seu interesse investir em Miami ou Portugal, entre em contato e converse com um de nossos consultores.

A AMG International Realty atua tanto em Miami como em Portugal e poderá esclarecer as principais dúvidas sobre os dois destinos.

4/5 - (1 vote)